Corporação Financeira dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional
30 de Junho de 2021

JOANESBURGO, África do Sul – Para apoiar o desenvolvimento de vacinas para países africanos, a Corporação Financeira dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (DFC), a IFC, a instituição francesa de desenvolvimento Proparco, e a DEG – a instituição alemã de financiamento do desenvolvimento, anunciaram hoje um pacote de financiamento conjunto para a Aspen Pharmacare Holdings Limited, uma empresa farmacêutica líder na África do Sul que desempenha um papel importante na produção de terapias de tratamento e vacinas contra Covid-19 no continente africano.

O pacote de financiamento a longo prazo de €600 milhões de euros, que está sujeito ao cumprimento de determinadas condições prévias, é mobilizado pelo IFC, o órgão do sector privado do Grupo do Banco Mundial. Inclui €200 milhões de euros da própria conta da IFC, €156 milhões de euros da Proparco, uma filial da Agence Française de Développement (Grupo AFD), €144 milhões de euros concedidos pela DEG, e €100 milhões de euros da DFC. É o maior investimento e mobilização de cuidados de saúde que a IFC liderou a nível mundial até à data.

O anúncio sobre o pacote de financiamento para a Aspen também vem à medida que os governos de toda a África têm apelado à comunidade internacional para reforçar a cadeia de fornecimento de vacinas do continente e assim responder à Covid-19 e promover a resiliência do sector da saúde a longo prazo.

O financiamento ajudará a Aspen, a maior empresa farmacêutica de África, a refinanciar a dívida existente e a reforçar o balanço da empresa, apoiando as operações da Aspen, incluindo a produção de vacinas, e outras terapias nos mercados africanos e nos mercados emergentes. As quatro instituições financeiras de desenvolvimento têm também como objectivo ajudar a facilitar o aumento de fabrico de vacinas assim como a partilha de conhecimentos em África, através de uma parceria com a Aspen.

A Aspen está a expandir o seu papel na luta contra a pandemia da Covid-19 em África. A Aspen fez uma parceria com a Johnson & Johnson para preparar, finalizar, carregar e embalar a vacina Covid-19 da Janssen (uma empresa da Johnson & Johnson) nas suas instalações esterilizadas na África do Sul. A Aspen construiu recentemente uma instalação de injectáveis estéreis inteiramente certificada nas suas instalações existentes em Gqeberha (oficialmente conhecida como Port Elizabeth), na África do Sul. Com estas novas instalações, a Aspen pôde proporcionar à Johnson & Johnson capacidade de enchimento, finalização e acondicionamento da sua vacina Covid-19, tendo os primeiros lotes já sido fabricados.

“Estamos gratos pela oportunidade de recorrer a este pacote de financiamento organizado pela IFC. As equipas da Aspen estão a trabalhar arduamente para optimizar a produção da vacina Covid-19 da Johnson & Johnson para África no nosso local de fabrico em Gqeberha, na África do Sul. Estamos a procurar activamente oportunidades para ampliar e capacitar o fabrico da vacina Covid-19 nestas instalações de produção de nível mundial. A Aspen está a procurar desempenhar um papel significativo ao contribuir para o objectivo de satisfazer a maioria das necessidades de África a partir de locais de produção localizados em África”, disse Stephen Saad, Chefe do Executivo do Grupo Aspen.

“A Covid-19 voltou a salientar a dependência de África nas cadeias globais de fornecimento de vacinas, deixando o continente vulnerável a perturbações e atrasos”, disse Makhtar Diop, Director Executivo do IFC. “Ao associar-se à Aspen, um fabricante líder de vacinas em África, e ao colaborar com parceiros da comunidade financeira para o desenvolvimento, o Grupo Banco Mundial pode contribuir para o desenvolvimento contínuo do fabrico de vacinas no continente e apoiar a partilha de conhecimentos e o intercâmbio de tecnologia. Juntos, esperamos que isto salve vidas agora e possa ajudar a assegurar que África esteja preparada antecipadamente para qualquer crise sanitária futura”.

A União Africana e o CDC de África anunciaram em Abril de 2021 uma ambição para que a África possa fabricar 60% das suas necessidades de vacinas no continente até 2040. Actualmente, a África fabrica apenas cerca de um por cento das vacinas que utiliza.

“O Presidente francês Emmanuel Macron comprometeu-se a investir para que seja possível a produção de vacinas em África, pois a produção local será fundamental para vencer a batalha contra a Covid-19. Hoje, estou orgulhoso que o Grupo AFD, através do seu braço privado Proparco, se associe a outras instituições financeiras de desenvolvimento e à Aspen, uma das principais empresas farmacêuticas em África e fabricante de medicamentos e vacinas Covid-19, e deste modo ajudar a colmatar a lacuna na disponibilidade das vacinas entre as nações africanas e ocidentais. Este projecto mostra que os bens públicos globais requerem um  financiamento comum, para o qual os bancos públicos de desenvolvimento estão dispostos a contribuir”, disse Remy Rioux, Presidente do Grupo AFD e Presidente da Proparco.

“A missão da DEG é ser um parceiro fiável das empresas do sector privado enquanto motores do desenvolvimento e criadores de empregos qualificados. Temos o prazer de contribuir para esta produção de vacinas em África, juntamente com as nossas instituições parceiras de financiamento do desenvolvimento. Estamos convencidos de que é essencial unir forças para combater eficazmente a pandemia, e o sector privado desempenha um papel fundamental neste contexto”, disse Monika Beck, Membro do Conselho de Administração da DEG.

“A DFC orgulha-se de trabalhar com os nossos parceiros da IFC, Proparco, e DEG para apoiar os esforços de produção de vacinas críticas no continente africano, em sintonia com a estratégia do Presidente Biden para pôr fim à pandemia. O apoio da DFC à Aspen expande a produção fundamental no estrangeiro, em África, para África”, disse o Chefe de Operações da DFC, David Marchick. “Este projecto é o primeiro de muitos que ajudará a desenvolver a capacidade local e criar auto-confiança para regiões de todo o mundo, e ajudará a enfrentar imediatamente a actual pandemia, ao mesmo tempo que impulsionará os futuros esforços de preparação para uma pandemia”.

O Grupo do Banco Mundial tem vindo a aumentar o apoio a países na produção, aquisição e entrega de vacinas para mais pessoas, particularmente em África. O Grupo do Banco Mundial está a fornecer milhares de milhões de dólares para o financiamento de vacinas e deste modo ajudar os países a comprarem e distribuirem vacinas, a fim de resolver problemas de disponibilidade. O investimento da IFC em Aspen insere-se na sua Plataforma Global de Saúde lançada em Julho de 2020 para ajudar os países em desenvolvimento a combater a pandemia de coronavírus e a aumentar a resistência dos seus sistemas de saúde. Incluindo este novo projecto, a IFC atribui 1,82 mil milhões de dólares em projectos relacionados com a Covid-19 desde Março de 2020, dos quais 1,15 milhões de dólares são abrangidos pela Plataforma Global de Saúde (GHP) que foi criada especificamente no apoio a vacinas e iniciativas correlacionadas.

O investimento da Proparco faz parte da iniciativa lançada em Abril de 2020 pelo presidente francês e implementada pelo Grupo AFD, “COVID-19 – Saúde em Comum” – uma iniciativa de 1,2 mil milhões de euros em resposta à crise mundial de saúde pública provocada pela pandemia Covid-19. Este programa francês está a ser ainda mais reforçado em 2021 e faz parte de um esforço europeu para montar uma resposta orientada, baseada em parcerias, a esta crise sem precedentes que os países em desenvolvimento enfrentam. Complementa o trabalho de entidades doadores multilaterais e europeias e dá prioridade ao continente africano.

O investimento da DFC faz parte da iniciativa Saúde e Prosperidade da agência, que se concentra no apoio à resposta global à pandemia Covid-19 e no reforço da resiliência sanitária nos países em desenvolvimento. Através desta iniciativa, a DFC está a trabalhar para investir 2 mil milhões de dólares em projectos que reforcem os sistemas de saúde, apoiem o desenvolvimento de infra-estruturas, e expandam o acesso a água potável, saneamento e nutrição.


Veja o conteúdo original: https://www.dfc.gov/media/press-releases/dfc-ifc-proparco-and-deg-support-south-african-covid-19-vaccine-maker-aspen

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deverá ser considerado oficial.

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future