A Casa Branca
22 de abril de 2023

Hoje, sob as minhas ordens, os militares dos Estados Unidos conduziram uma operação para extrair funcionários do Governo dos EUA de Cartum. Tenho orgulho do extraordinário compromisso da nossa equipa da Embaixada, que desempenhou as suas funções com coragem e profissionalismo e incorporou a amizade e a ligação da América com o povo do Sudão. Sou grato pela habilidade inigualável dos nossos militares que os trouxeram com sucesso para um local seguro. E agradeço a Djibuti, Etiópia e Arábia Saudita, que foram fundamentais para o sucesso da nossa operação.

Recebo relatórios regulares da minha equipa sobre o seu trabalho contínuo para ajudar os americanos no Sudão, na medida do possível. Também estamos a trabalhar de perto com os nossos aliados e parceiros neste esforço.

Esta trágica violência no Sudão já custou a vida de centenas de civis inocentes. É inconcebível e deve parar. As partes beligerantes devem implementar um cessar-fogo imediato e incondicional, permitir o acesso humanitário livre e respeitar a vontade do povo do Sudão. Suspendemos temporariamente as operações da Embaixada dos Estados Unidos no Sudão, mas o nosso compromisso com o povo sudanês e com o futuro que desejam para si é eterno.


Ver o conteúdo original: https://www.whitehouse.gov/briefing-room/statements-releases/2023/04/22/statement-from-president-joe-biden-on-the-situation-in-sudan/

Disclaimer: Esta tradução é oferecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future