Departamento De Estado Dos Estados Unidos
Gabinete do Porta-Voz
Declaração Do Porta-Voz, Ned Price,
1 de Março de 2022

Os Estados Unidos estão a trabalhar com os nossos parceiros africanos, incluindo a África do Sul, para desmantelar as redes de apoio financeiro do ISIS no continente. Hoje, os Estados Unidos designaram quatro facilitadores financeiros do ISIS e ISIS-Moçambique (ISIS-M) na África do Sul. Farhad Hoomer, Siraaj Miller, Abdella Hussein Abadigga e Peter Charles Mbaga estão a ser designados de acordo com a O.E. 13.224, conforme alterada, que visa grupos terroristas e os seus apoiantes, entre outros.

Os membros e associados do ISIS na África do Sul estão a desempenhar um papel na facilitação da transferência de fundos do topo da hierarquia do ISIS para filiais em toda a África. Os hoje designados forneceram apoio financeiro ou serviram como líderes de células do ISIS na África do Sul. O ISIS e o ISIS-M são Organizações Terroristas Estrangeiras (FTOs) distintas e designadas separadamente sob a Lei de Imigração e Nacionalidade (INA) e Terroristas Globais Especialmente Designados (SDGTs) de acordo com a O.E. 13224, conforme alterada.

O ISIS tentou expandir a sua influência em África através de operações em grande escala, particularmente em áreas onde o controlo do governo é limitado. As filiais do ISIS em África dependem de esquemas locais de angariação de fundos, como roubo, extorsão de populações locais e sequestro por resgate, bem como apoio financeiro da hierarquia do ISIS.

Estamos a tomar as medidas de hoje para interromper e expor ainda mais os principais apoiantes do ISIS e ISIS-M, que arrecadam receita para o ISIS e exploram o sistema financeiro da África do Sul para facilitar o financiamento de filiais e redes do ISIS em toda a África.

Para mais informações sobre esta acção, consulte o  comunicado de imprensa do Departamento do Tesouro.


Veja o conteúdo original: https://www.state.gov/designation-of-isis-organizers-and-financial-facilitators-based-in-south-africa/

Esta tradução é disponibilizada como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future