An official website of the United States Government Here's how you know

Official websites use .gov

A .gov website belongs to an official government organization in the United States.

Secure .gov websites use HTTPS

A lock ( ) or https:// means you’ve safely connected to the .gov website. Share sensitive information only on official, secure websites.

A Casa Branca
16 de Março de 2021
Vice-Presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris
Declarações

Senhor Secretário-Geral, Senhor Presidente da Comissão, Senhora Diretora Executiva, Distintos Ministros, Excelências, membros da sociedade civil — é uma honra pode falar para esta estimada comissão.

Desde 1947, esta comissão documentou as realidades que as mulheres enfrentam, moldou os padrões globais sobre os direitos da mulher e defendeu a igualdade de gênero.

Esse trabalho é tão urgente agora quanto era no início.

Em nome dos Estados Unidos, obrigada.

Este ano, ao considerar a situação da mulher, especialmente no que diz respeito à participação da mulher em tomadas de decisões, devemos considerar também a situação da democracia.

Na melhor das hipóteses, a democracia protege os direitos humanos, promove a dignidade humana e defende o estado de direito.

A democracia é um meio de estabelecer a paz e a prosperidade compartilhada. Ela deve garantir que todos os cidadãos — independente de gênero — tenham voz igualmente.

E eleições livres e justas que respeitarão a vontade do povo.

Ao mesmo tempo, a democracia requer vigilância constante, aperfeiçoamento constante.

É um trabalho em andamento.

E hoje sabemos que a democracia está, cada vez mais, sob grande pressão.

Por 15 anos consecutivos, temos visto um declínio preocupante da liberdade em todo o mundo.

Na verdade, especialistas acreditam que o ano passado foi o pior já registrado em termos de deterioração global da democracia e da liberdade.

Portanto, mesmo quando enfrentamos uma crise global de saúde e uma crise econômica, é fundamental continuarmos defendendo a democracia.

Para tanto, os Estados Unidos estão fortalecendo nosso compromisso com a Organização das Nações Unidas (ONU) e com o sistema multilateral mais amplo.

Também estamos voltando ao Conselho de Direitos Humanos.

Porque sabemos que a democracia depende de nosso compromisso coletivo com os valores articulados na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

O status da democracia também depende fundamentalmente do empoderamento das mulheres.

Não apenas porque a exclusão das mulheres em tomadas de decisões é uma marca de uma democracia falha, mas porque a participação das mulheres fortalece a democracia.

E isso é verdade em qualquer lugar.

Olhando ao redor do mundo, me sinto inspirada pelo progresso que vem ocorrendo.

E tenho orgulho de informar que, embora os Estados Unidos ainda tenham muito trabalho a fazer, nós também estamos progredindo — e as mulheres fortalecem nossa democracia todos os dias.

Em todas as eleições presidenciais dos últimos 56 anos, nos Estados Unidos, tivemos mais mulheres do que homens votando.

Mais mulheres do que nunca trabalham no Congresso dos Estados Unidos.

Mais mulheres do que nunca são a maior fonte de ganha-pão de suas famílias.

E, na semana passada, o Presidente nomeou duas mulheres para chefiar dois de nossos 11 comandos de combate.

As mulheres nos Estados Unidos lideram nossos governos locais, estaduais e nacionais, tomam decisões importantes em relação à segurança de nossa nação e impulsionam um grande crescimento em nossa economia.

Esses são sinais de progresso. Esses são sinais de força.

Mas, amigos, não podemos considerar esse progresso garantido.

Especialmente agora.

A COVID-19 ameaçou a segurança econômica, a segurança física e a saúde das mulheres em todo o mundo.

Enquanto as mulheres lutam para obter os cuidados de saúde de que precisam, a pandemia parece estar revertendo os ganhos globais que conquistamos nas lutas contra o HIV/AIDS, a tuberculose, a malária, a desnutrição e as mortalidades materna e infantil.

É por isso que, no primeiro dia de nosso governo, os Estados Unidos voltaram a se engajar como estado membro e líder da Organização Mundial da Saúde.

E estamos revitalizando nossa parceria com a ONU Mulheres para aumentar o empoderamento feminino em todo o mundo.

A verdade é a seguinte:

Quando as mulheres enfrentam obstáculos para obter assistência médica de qualidade…

Quando as mulheres enfrentam a insegurança alimentar…

Quando as mulheres têm mais probabilidade de viver na pobreza e, portanto, são desproporcionalmente impactadas pelas mudanças climáticas…

Quando estão mais vulnerável à violência de gênero e, portanto, são desproporcionalmente impactada por situações de conflito…

Bem, tudo isso torna mais difícil para as mulheres participar integralmente de tomadas de decisões.

O que, por sua vez, torna muito mais difícil o crescimento de democracias.

Eleanor Roosevelt, que elaborou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, disse certa vez: “Sem igualdade, não pode haver democracia”.

Em outras palavras, a situação das mulheres é um reflexo da situação da democracia.

De nossa parte, os Estados Unidos trabalharão para melhorar ambos.

Estamos empenhados em defender os valores democráticos incorporados na Declaração.

E acreditamos firmemente que, quando trabalhamos juntos, de maneira global, conseguimos enxergar melhor.

Estamos animados para formar parcerias com todos vocês nos próximos dias e anos.

Obrigada.


Veja o conteúdo original:  https://www.whitehouse.gov/briefing-room/speeches-remarks/2021/03/16/pre-taped-remarks-by-vice-president-kamala-harris-as-delivered-to-the-commission-on-the-status-of-women/

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future