Departamento de Estado dos Estados Unidos
Declaração para a Imprensa
Porta-Voz do Departamento de Estado, Ned Price
4 de novembro de 2022

O dia de hoje marca 43 anos desde a tomada da Embaixada dos EUA em Teerã. Os seguidores do aiatolá Khomeini mantiveram nossos diplomatas como reféns por 444 dias, atormentando-os e, por extensão, suas famílias em casa nos Estados Unidos. Somos gratos pelo sacrifício altruísta de nossos diplomatas que serviram em Teerã – assim como somos gratos pelo serviço de todos os diplomatas americanos que trabalham para promover os interesses de segurança nacional dos EUA em todo o mundo, muitas vezes sob circunstâncias angustiantes.

Além da tomada da Embaixada, o regime iraniano tem um longo histórico de aprisionar cidadãos estrangeiros injustamente para uso como arma política, e continuamos comprometidos em garantir a libertação de todos os cidadãos americanos detidos injustamente. Ressaltamos novamente que o Irã deve permitir que os cidadãos norte-americanos Emad Shargi, Morad Tahbaz e Siamak Namazi voltem para casa para seus entes queridos.


Veja o conteúdo original: https://www.state.gov/the-43rd-anniversary-of-the-takeover-of-the-u-s-embassy-in-tehran/

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future