Departamento De Estado Dos Eua 
Gabinete Do Porta-voz 
Declaração Do Secretário Antony J. Blinken 
6 de Fevereiro de 2024   

No Dia Internacional da Tolerância Zero à Mutilação Genital Feminina, os Estados Unidos manifestam solidariedade com as sobreviventes e activistas globais no apelo ao fim da mutilação e circuncisão genital feminina.  

A mutilação e circuncisão genital feminina, independentemente do tipo, grau, gravidade ou motivação, é uma violação dos direitos humanos que prejudica meninas e mulheres jovens nos Estados Unidos e em todo o mundo. Todas as mulheres e meninas merecem viver livres da violência baseada no género.  

Os Estados Unidos apoiam programas globais para acabar com este abuso, incluindo a nossa recente contribuição para o Programa Conjunto UNFPA-UNICEF para a Eliminação da Mutilação Genital Feminina. Devido a esforços globais como estes, as meninas de hoje têm menos probabilidade de serem sujeitas a mutilação e circuncisão genital feminina do que há 30 anos.  

Os Estados Unidos estão empenhados em eliminar a mutilação e circuncisão genital feminina onde quer que ocorram e continuarão a estabelecer parcerias com sobreviventes, organizações de mulheres lideradas localmente e grupos e redes liderados por jovens para alcançar este importante objectivo.  


Ver o conteúdo original: https://www.state.gov/observance-of-the-international-day-of-zero-tolerance-for-female-genital-mutilation-3/  

Disclaimer: Esta tradução é oferecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.  

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future