Casa Branca
8 de março de 2022

No Dia Internacional das Mulheres, nós reconhecemos as conquistas das mulheres e meninas nos Estados Unidos e em todo o mundo, celebramos o progresso alcançado, e reafirmamos o nosso compromisso com o trabalho que ainda deve ser feito para que a igualdade, a dignidade e a oportunidade sejam devidamente concedidas em sua totalidade a todas as mulheres e meninas.

Todas as pessoas merecem oportunidades para desenvolverem completamente o potencial que receberam de Deus, sem limitações de gênero ou de outros fatores.   Garantir que todas as mulheres e meninas tenham essa oportunidade não é apenas a coisa certa a fazer – mas também, um imperativo estratégico na promoção da prosperidade, da estabilidade e da segurança da nossa nação e do mundo.  No entanto, muito frequentemente e em muitos lugares, as mulheres e meninas enfrentam obstáculos que limitam suas possibilidades e que prejudicam a sua integração na economia, na política e na vida em sociedade.  Essas barreiras foram expostas e exacerbadas pela pandemia de COVID-19, que afetou de forma desproporcional o engajamento das mulheres na força de trabalho, aumentou o fardo tanto para cuidadoras assalariadas quanto não assalariadas, e aumentou a incidência de violência fundamentada em gênero.

Ao melhorarmos as circunstâncias das mulheres e meninas, nós fortalecemos as economias, as democracias e as sociedades de modo geral.  Esta é a razão de termos feito da igualdade de gênero o alicerce do meu Governo, ao criamos o Conselho de Política de Gênero da Casa Branca, logo depois da posse, há um ano.  Está é a razão de termos emitido a primeira Estratégia Nacional de Equidade e Igualdade de Gênero – um plano ambicioso para apoiar mulheres e famílias por meio de políticas internas e externas.  Está é a razão de nós termos: investido na assistência à infância e apoiado as oportunidades econômicas para mulheres por meio do Plano de Resgate Americano; lutado para reinstaurar e fortalecer a Lei de Combate à Violência contra a Mulher; abordado o flagelo do abuso sexual nas forças armadas por meio de reformas profundas na justiça militar; assinado a Lei de Encerramento da Mediação Forçada em casos de Abuso e Assédio Sexual; lançado um esforço generalizado do governo para proteção dos direitos reprodutivos; promovido a participação das mulheres na prevenção e resolução de conflitos, estabilidade e segurança; e criado o Fundo de Ação para Equidade e Igualdade de Gênero para promoção da segurança econômica das mulheres em todo o mundo.  E esta é a razão do orgulho que tenho do meu Orçamento para o Ano Fiscal de 2023, que estabelece uma dotação de $2,6 bilhões de dólares para programas de assistência internacional que promovem a igualdade de gênero no mundo todo, perfazendo mais que o dobro do montante destinado aos programas relativos a gênero no último ano.

Hoje, bem como todos os dias, devemos reconhecer que todos nós temos um futuro melhor quando as mulheres e meninas podem alcançar o seu potencial integral – e juntos, devemos renovar os nossos para avançar com dignidade, igualdade, e infinitas possibilidades para todos.


Veja o conteúdo original: https://www.whitehouse.gov/briefing-room/statements-releases/2022/03/08/statement-by-president-joe-biden-on-international-womens-day/

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future