Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional
Gabinete de Relações com a Imprensa
Comunicado de Imprensa
6 de abril de 2021

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciaram US$ 2 milhões para os seis prêmios finais do Desafio Juntos É Melhor (BetterTogether/JuntosEsMejor Chalenge) para beneficiar os venezuelanos e as comunidades que os hospedam no Brasil, no Equador, no Panamá, no Peru e na Guiana.

Os premiados oferecerão soluções fundamentais para tornar a educação mais acessível, gerar empregos, fomentar o empreendedorismo, combater a violência de gênero, fomentar o empoderamento econômico das mulheres e aumentar a inclusão:

  • No Brasil, a Rede Internacional de Migração Scalabrini (SIMN) apoiará cerca de 15.000 mulheres venezuelanas chefes de família, com treinamentos para que elas possam construir seus próprios negócios e carreiras em Manaus, Cuiabá e Porto Alegre.
  • No Equador e no Peru, a Corporación para el Desarrollo de Emprendimiento y la Innovación Social (CODEIS) equipará e capacitará 1.000 venezuelanos e suas famílias para que criem negócios lucrativos e sustentáveis capazes de gerar impacto social e liderar a transformação social em suas comunidades através da plataforma “Young Change Makers Academy”.
  • Também no Equador, Las Reinas Pepiadas capacitará mulheres migrantes venezuelanas para que aprendam a contar suas histórias usando mídias digitais com o objetivo de criar uma rota de migração segura. A iniciativa também irá consolidar e disseminar recursos para a prevenção da violência de gênero nos processos migratórios da comunidade venezuelana.
  • No Panamá, o Banesco apoiará a inclusão econômica e financeira de migrantes venezuelanos, ampliando um programa de treinamento para a criação de empresas produtivas e proporcionando acesso a instrumentos bancários personalizados e capital inicial.
  • Também no Panamá, a International Youth Foundationoferecerá um programa online de certificação de TI do Google e apoiará a colocação de 200 mulheres migrantes venezuelanas no mercado de trabalho.
  • Na Guiana, a Coalizão de Coordenação Nacional desenvolverá e lançará serviços sustentáveis para mitigar a violência de gênero (VBG), documentando a lacuna na prestação de serviços e, ao mesmo tempo, equipando migrantes para que, através de um melhor acesso às atividades econômicas formais, não sofram ameaças de violência.

SOBRE

O Desafio Juntos É Melhor (BetterTogether/JuntosEsMejor) é uma parceria entre a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que tem o objetivo de reunir, financiar e expandir soluções inovadoras para apoiar os venezuelanos e comunidades que os hospedam na América Latina e no Caribe. Para obter mais informações, visite JuntosEsMejorVE.org.


Veja o conteúdo original:  https://www.usaid.gov/news-information/press-releases/apr-6-2021-usaid-and-idb-announce-2-million-awards-support-venezuelans-host-communities

Esta tradução é fornecida como cortesia e apenas o texto original em inglês deve ser considerado oficial.

U.S. Department of State

The Lessons of 1989: Freedom and Our Future